Testemunha diz que Globo pagou propina por direitos de TV — Caso Fifa

Detalhes da fachada do prédio da Fifa em Zurique- FABRICE COFFRINI  AFP

Detalhes da fachada do prédio da Fifa em Zurique- FABRICE COFFRINI AFP

O empresário argentino Alejandro Burzaco, ex-presidente da empresa Torneos Y Competencias, disse nesta terça-feira que a Rede Globo foi uma das empresas que pagaram propinas para vencer a concorrência por direitos de transmissão de competições internacionais, como a Copa América.

Delator no caso de corrupção da Fifa, o empresário argentino Alejandro Burzaco afirmou, durante depoimento em Nova York nesta terça (14), que a Globo pagou propina para adquirir direitos de transmissão de campeonatos de futebol.

Além da emissora brasileira, Burzaco - segundo o site Bloomberg - citou as mexicanas Televisa e Fox Sports.

Governo edita MP com alterações à reforma trabalhista aprovada pelo Congresso
Ou seja, ele precisava modificar os termos polêmicos, como, a permissão para o trabalho de gestantes em locais insalubres, via MP. O presidente Michel Temer assinou uma medida provisória ( íntegra ) para alterar pontos da reforma trabalhista .

A testemunha confirmou a realização de pagamentos para o ex-dirigente da CBF e para o o ex-presidente da Conmebol e da Federação Paraguaia de Futebol, Juan Manuel Napout, e o ex-presidente da Federação Peruana, Manuel Burga, que também são julgados no mesmo processo. No depoimento, houve o seguinte diálogo entre ele e o promotor Samuel Nitze. E disse que pagava propina para dirigentes em troca de apoio na negociação de contratos.

Burzaco: Todas, com exceção do Clarín.

A Polícia Federal abriu, em 2015, uma investigação sobre os contratos da CBF com a Gobo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro há décadas.

Some Washington state ski resorts to open this week
The resort announced The Discovery, Chinook Express and Forest Queen Express lifts will now run daily from 9 a.m.to 5 p.m. The snow base at Heather Meadows was 33 inches, and the temperature was 30 degrees with snow falling Tuesday morning.

Del Nero também se posicionou por meio de nota. O ex-executivo, que admitiu culpa em novembro de 2015 e colabora com a Justiça dos Estados Unidos, citou que Teixeira ganhou suborno da T&T pela Copa Libertadores e Sul-Americana. O acerto, segundo Burzaco, foi na presença de Campos Pinto. No caso de Del Nero, seu indiciamento sequer o levou a abandonar a presidência da CBF.

Perguntado a quem ele pagou propina na Conmebol entre 2006 e 2015, ele disse: "Para todos". Presidente, integrantes do comitê executivo, vice-presidentes, secretário-geral, presidentes de federações nacionais.

Sobre o depoimento ocorrido em Nova York, no julgamento do caso Fifa pela Justiça dos Estados Unidos, o Grupo Globo afirma veementemente que não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina. Esclarece que, após mais de dois anos de investigação, não é parte nos processos que correm na Justiça americana. "Em suas amplas investigações internas, apurou que jamais realizou pagamentos que não os previstos nos contratos". O Grupo Globo deseja esclarecer que Marcelo Campos Pinto, em apuração interna, assegurou que jamais negociou ou pagou propinas a quaisquer pessoas. E Burzaco colocou até a Globo no meio. Para a Globo, isso é uma questão de honra. Os nossos princípios editoriais nem permitiriam que fosse diferente. "Mas o Grupo Globo considera fundamental garantir aos leitores, aos ouvintes e aos espectadores que o noticiário a respeito será divulgado com a transparência que o jornalismo exige", encerra a nota. A declaração foi feita durante depoimento no Tribunal do Brooklin, em Nova York, no julgamento do ex-presidente da CBF, José Maria Marin. O atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, também é investigado pelas autoridades norte-amercianas, mas continua em liberdade por não haver a previsão de crime de corrupção privada no Brasil. "Por fim, reafirma que nunca participou, direta ou indiretamente, de qualquer irregularidade ao longo de todas atividades de representação que exerce ou tenha exercido".

Canada to seek NAFTA dispute resolution panel on USA softwood lumber duties
Department of Commerce made a final decision about the amounts that would actually apply. The initial duties were imposed last spring but it wasn't until November 2 that the U.S.

Últimas notícias