Brecha no WhatsApp permite "espionagem" de conversas

Arquivo  GES                 		
					WhatsApp popular serviço de comunicação por IP

Arquivo GES WhatsApp popular serviço de comunicação por IP

Isso porque um hacker ou mesmo funcionário do WhatsApp com acesso aos servidores do mensageiro pode dar a si mesmo credenciais de administrador do grupo e até controlar o fluxo e a ordem das mensagens que são exibidas na conversa.

Segundo a Exame, pesquisadores alemães da Ruhr University Bochum encontraram uma falha em grupos do aplicativo WhatsApp, apesar da sua codificação de mensagens que abrange todo o trajeto entre dois ou mais smartphones. Além disso, o usuário infiltrado também conseguiria controlar a entrega das mensagens aos participantes, podendo ocultá-las para determinadas pessoas.

Manchester Airport celebrates record-breaking year
Last year, Stansted brought in 25.9m passengers, a rise of 6.5 per cent over the previous 12 months. Adverse weather conditions meant the December figure was down marginally on the same month in 2016.

Como explica o 'TechTudo', desde que o mensageiros implantou a criptografia, em 2016, a empresa garantiu que nem ela mesma conseguiria ter acesso às mensagens.

O WhatsApp é o mensageiro mais usado no mundo todo, os usuários podem se comunicar instantaneamente através de mensagens de texto, ligações e até mesmo chamadas de vídeo.

Zimbabwe`s former president Robert Mugabe ousted by `military coup`: Ex-minister
He was seen as the power behind former first lady Grace Mugabe , who headed the so-called G-40 faction. It's unclear where Moyo is at the moment. "He is suffering from fears of his own making".

Entretanto, o grupo todo estaria recebendo o alerta da adição de um novo contato, como acontece em outros casos de inclusão de novos participantes. Isso é ainda mais grave após o app divulgar a quatro ventos quando finalmente instalou uma criptografia de ponta a ponta para supostamente impedir a espionagem de seus usuários.

Até mesmo um hacker poderia se infiltrar em qualquer grupo sem ser percebido, apenas atrasando a notificação de entrada de um novo membro. Já outros países para garantir a segurança sugeriram que o app devolva o backdoor, uma maneira de acessar as conversas dos usuários do WhatsApp. Neste momento, a empresa melhorou a segurança, tornando mais difícil identificar as mensagens mesmo que um invasor consiga decifrar a chave criptográfica, mas a falha que permite adicionar pessoas em grupos não vai ser corrigida.

Em Teresina, Kassab lança "Internet para Todos'"
O Internet para Todos é viabilizado pelo primeiro satélite brasileiro, lançado em 4 de maio de 2017 ao custo de R$ 2,7 bilhões. Inicialmente, no Piauí, apenas 50 municípios seriam beneficiados, mas o número aumentou para 128, entre zona rural e urbana.

Outro motivo pelo qual a empresa opta por não corrigir a brecha é que no caso de modificar a tecnologia para solucionar este tipo de ataque, acabaria fazendo com que o recurso para adicionar novos membros fosse eliminado, dependendo da URL clicada.

Últimas notícias