Namorada do líder do UKIP suspensa por comentários racistas sobre Meghan Markle

Christopher Furlong  Getty Images

Celebridades Marina Adorno 14/01/2018 16:38 atualizado em 14/01/2018 17:03

Henry Bolton, de 54 anos, que foi eleito em setembro como líder da formação britânica, afirmou que Marney, de 25, foi suspensa "de forma imediata" após a publicação dessas mensagens no tabloide 'The Mail on Sunday'.

Reprodução  Daily Mail
Em algumas das mensagem Jo Marney diz “Ela é negra. Uma ‘atriz’ burra que ninguém nunca ouviu falar. Isso é a Inglaterra não a África”

A resposta a uma das mensagens - não se diz a quem foram enviadas - sugere que os comentários são racistas, ao que Jo Marney responde "E então?" - acrescenta que não quer que a sua cultura seja invadida por outras "raças". O Ukip é conhecido como um grupo extremamente conservador, discursando contra imigrantes e um dos principais apoiadores da saída do Reino Unido da União Europeia.

Colisão entre veículos deixa dois mortos e seis feridos em Atalaia
Além das duas mortes, quatro pessoas tiveram lesões graves e duas, ferimentos leves. O quarto paciente está na ortopedia e também tem quadro clínico estável.

Em um comunicado enviado ao tabloide britânico, Marney pediu desculpas pela sua 'impactante linguagem'.

Snowboarder Prior drops in to Winter Olympics contention
America closed out the rest of the podium with Chloe Kim on 88.75 points and Maddie Mastro third on 87.25. White took the gold at the 2006 Games in Turin, Italy, and again in Vancouver in 2014.

Outros dirigentes do UKIP, como Peter Whittle, defendem que Marney devia ser "expulsa de forma definitiva" do partido pelos "comentários vergonhosos". Há também quem peça já a demissão de Bolton. Substituiu Paul Nuttall, que se demitiu depois do UKIP ter tido uma péssima prestação nas eleições legislativas do ano passado, baixando de 12,6% (em 2015) para 1,8%.

Manifestantes depredam loja na África do Sul que fez publicidade racista
Em um dos casos, policiais tiveram que disparar balas de borracha para dispersar os manifestantes, acrescentou a polícia. A loja também disse que removeu a peça do mercado.

Últimas notícias