Anastasia lança pré-candidatura sem Alckmin nem Aécio

Anastasia lança pré-candidatura sem Alckmin nem Aécio

Anastasia lança pré-candidatura sem Alckmin nem Aécio

Em ato que não teve a participação do senador Aécio Neves, o PSDB lançou nesta segunda-feira, 14, o também senador Antônio Augusto Anastasia como pré-candidato ao governo do Estado nas eleições de outubro.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) sinaliza a correligionários que ficará longe de eventos públicos nas próximas semanas. O ato foi realizado em um hotel em Contagem, na região metropolitana de BH, maior cidade governada pela legenda no Estado.

Marselha - Atl. Madrid DIRETO
Em 1999 os franceses foram derrotados pelo Parma-ITA e, em 2004, o algoz do Maselha foi o espanhol Valencia. Diego Simeone, Atlético Estão reunidas todas as condições para assistirmos a uma grande final.

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais havia acolhido, no final de abril, o pedido de impeachment que responsabiliza o chefe do executivo estadual por atrasos pelo governo nos repasses devidos às prefeituras mineiras, a fornecedores do estado e, mais recentemente, à própria Casa. Conforme afirmou, Anastasia terá o comando da campanha no estado. Em rápida entrevista, Anastasia afirmou que já está acertada aliança com o PSD e PSC e vários outros partidos estão no radar do PSDB. O isolamento de Aécio é tanto que ele sequer confirma se vai disputar a vaga ao Senado. O plano implicava na privatização de estatais e o tucano disse que no caso de Minas essa não parece ser a melhor solução.

O senador e a irmã, Andrea Neves, considerada seu braço direito, são réus no Supremo Tribunal Federal (STF) em processo por corrupção passiva e obstrução de Justiça.

As conversas que marcam as suspeitas de corrupção no andebol do Sporting
O jornal garante que o Sporting subornou árbitros em vários jogos do campeonato de andebol da época passada, para facilitar a conquista do título.

O senador foi vice de Aécio Neves na chapa vencida pelos tucanos na disputa pelo governo de Minas em 2006. Também deixou o posto, em 2014, para a disputa por cadeira no Senado, seguindo os passos de Aécio.

Mark Zuckerberg prestará depoimento no Parlamento Europeu
O presidente-executivo do Facebook , Mark Zuckerberg , vai comparecer perante membros do Parlamento Europeu para responder perguntas sobre o uso indevido de dados de usuários por uma consultoria política, disse o presidente do Parlamento nesta quarta-feira.

Últimas notícias