Palmeiras deve entrar com time misto para duelo da Libertadores

Keno comemora gol importante na vitória sobre o Boca Juniors na Bombonera

Keno comemora gol importante na vitória sobre o Boca Juniors na Bombonera - Gustavo Garello AP

O Palmeiras deve ter mudanças táticas e de escalação para o jogo contra o Junior Barranquilla, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Allianz Parque. Parte da torcida alviverde protestou contra a equipe no último domingo, após a terceira derrota para o maior rival no ano. O único treino da equipe com a presença dos titulares foi fechado na véspera da partida e, por conta do momento instável e de pressão, uma possível ideia de Roger Machado de poupar seus titulares pode não acontecer. Já classificado às oitavas de final, o Palmeiras tenta encerrar a primeira fase do torneio com o melhor aproveitamento, o que garante vantagem nas etapas eliminatórias.

Felipe Melo e Keno estão pendurados e correm o risco de tomarem o terceiro cartão e desfalcarem o Palmeiras nas oitavas, por isso, também devem ser poupados. Guerra, Hyoran e Willian são nomes que podem receber chances e Felipe Melo, que ficou fora do clássico contra o Corinthians, pode voltar no lugar de Thiago Martins.

Dólar continua a subir e vai a R$ 3,68
O Banco Central já vendeu a oferta total de até 5.000 novos swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares. Em espécie, o dólar é vendido entre R$ 3,83 e R$ 3,91, já considerando os 1,10% de imposto, segundo pesquisa do G1.

Longe de casa desde o final de abril, o Palmeiras terá uma série de quatro partidas consecutivas dentro do Allianz Parque.

Se perder ou empatar, precisa torcer por um tropeço dos argentinos contra o Alianza Lima, na Bombonera, em partida que será disputada no mesmo horário.

AO VIVO - Monagas x Grêmio em tempo real
Um levantamento que Alisson isolou, contra-ataque com Thonny Anderson e chute para fora e principalmente uma cobrança de falta. A modificação fez com que Ramiro fosse recuado para a lateral direito e o Lima ficasse como meia aberto pelo lado de campo.

Seis vezes campeão da Libertadores, o Boca Juniors depende de um brasileiro para continuar na edição de 2018 da competição. Casos de Jaílson, Marcos Rocha, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Bruno Henrique, Lucas Lima e Borja.

As conversas que marcam as suspeitas de corrupção no andebol do Sporting
O jornal garante que o Sporting subornou árbitros em vários jogos do campeonato de andebol da época passada, para facilitar a conquista do título.

Últimas notícias